Páginas

O HOMEM QUE MORREU

Publicado por António Luís | Marcas | Publicado em 24.11.09

A vida tem umas coincidências que nem sempre encontram explicação dimensionável. Depois da leitura terminada de "A morte de Ivan Ilitch", de Lev Tolstoi, já aqui contada em esparsa linhas, inicio agora mais um livro cujo tema se mantém. Trata-se de "O homem que morreu" de D. H. Lawrence. Ainda mais curioso é que a edição que tenho em mãos, da Assírio & Alvim, colecção "Gato Maltês" tem, à semelhança do livro lido anteriormente, as mesmas 91 páginas.

Comentários (0)

Enviar um comentário