Páginas

ESTADOS DO TEMPO XXVII - Andanças andadas pela ilha

Publicado por António Luís | Marcas , | Publicado em 31.1.10

Temporal no mar, hoje 31 de Janeiro, costa sul
Luar (cheio) de Janeiro
Alvorada cor-de-rosa - Acreditem! Imagem sem qualquer manipulação de cor...
Montanhas e vale de S. Vicente
Montanhas da Madeira
Sem surfistas num paraíso de ondas - S. Vicente
Alvorada de super-luz
Cidade flutuante
Fotos obtidas entre 19 e 31 de Janeiro de 2010

A CIDADE

Publicado por António Luís | Marcas | Publicado em 27.1.10

O Funchal, pelo menos no seu centro, é uma cidade fabulosa.

Não sei explicar o fascínio que ela exerce sobre mim. É algo que começou há quase 20 anos quando lá cumpri um ano como militar...

Os cheiros dos mil restaurantes e cafés, o odor do mar, o Mercado dos Lavradores, o velho misturado com o novo, o olhar dos turistas, o trânsito, a atmosfera húmida e quente,

(hoje de manhã caíam pingos de chuva, com o sol a brilhar e 21ºC...)

as ruas cheias de gente, a cidade a vigiar-se a ela própria das "bancadas" a toda a volta, a sombra das montanhas, de como ela se estende desde a beira mar até quase 700 metros de altura...

Ir lá é sempre bom e sabe como que a uma espécie de primeira vez...

COISAS * DE QUE ME LEMBRO

Publicado por António Luís | Marcas | Publicado em 26.1.10

A nossa cabeça tem destas coisas.
Memórias vindas do nada, significando nadas e, na sua teimosia repetitiva, lembrando tanto:
"A mim não me enganas tu!
A mim não me enganas tu!
A mim não me enganas tu,
A panela ao lume,
E o arroz está cru!"
Do mesmo modo que fui tomado de assalto por isto, que vem ecoando numa teimosia de Jerico na minha cabeça, espero disto livrar-me, quanto mais não seja com umas horas de sono.
*Parvas!...

PASSOS DO COELHO

Publicado por António Luís | Marcas | Publicado em 25.1.10

Para bem do país e do PSD, espero bem que os passos do coelho sejam como a história da corrida entre o dito (arraçado de Lebre) e a tartaruga...
Toda a gente sabe por que é que ganhou a Tartaruga e por que perdeu a Lebre (coelho)...

ENSAIO PARA REGRESSO

Publicado por António Luís | Marcas | Publicado em 24.1.10

A coisa" ainda não está apurada, mas o Latitude 40 está de volta, depois de uns dias inoperacional. Dos últimos dias, em que me dei ao "frete" de ver alguma televisão, retenho as entrevistas de Passos Coelho às televisões e aos entrevistadores de "referência" - Judite de Sousa na RTP e Mário Crespo na SicN. Ouvindo-o e vendo-o, vejo ali uma espécie de Sócrates. Agora imaginem uma cópia má de um original igualmente mau... Dá vontade de fugir, não dá?

TEMPORARIAMENTE SUSPENSO

Publicado por António Luís | Marcas | Publicado em 21.1.10

Problemas técnicos vão provocar a suspensão do Latitude 40 por alguns dias. O novo layout do blog - aplicado no início do ano - não suporta a introdução de comentários, situação que terei de resolver com a inestimável ajuda do Pedro Viseu. Até serem resolvidos, remeto-vos para aqui. Até breve!

QUENTINHO

Publicado por António Luís | Marcas | Publicado em 18.1.10

Tenho dado por mim a pensar como seria se o que se passou no Haiti tivesse ocorrido na Europa ou nos EUA!?... Depois, dou dois estalos na minha própria cara e vou, comodamente, sentar-me no sofá, deslizando com o comando para os canais onde o mundo costuma passar completamente ao seu lado, confiando que a mãe natureza não vergaste o meu chão com a força da sua ira. A segui vou dormir mais "quentinho"!...

IDE...

Publicado por António Luís | Marcas | Publicado em 14.1.10

...Ver e ler outros blogues.
Sigam a coluna da esquerda e enjoy.
Havendo tempo, não tenho tempo.
Até breve!

ESTADOS DO TEMPO XXVI - Céu, Ilhas e cidade ao redor do Cristo-Rei

Publicado por António Luís | Marcas , | Publicado em 12.1.10

Cristo Rei - Garajau
Desertas - 08:00h
Desertas vistas do Cristo-Rei - 09:00h Funchal visto do Cristo-Rei, 09:00h

LEITURAS - "A MONTANHA DA ALMA"

Publicado por António Luís | Marcas | Publicado em 11.1.10

Iniciei há dias a leitura de um livro intitulado: "A Montanha da Alma". Trata-se de um dos livros mais "afamados" de Gao Xingjian, um autor chinês, galardoado com o Prémio Nobel da Literatura de 2000. O livro é extenso, tem 546 páginas e, segundo a antevisão nele inscrita, é um retrato da China, desde tempos mais recuados à actualidade, retratando uma nação imensa e, hoje, uma potência emergente, com tudo o que tem de esperançoso e preocupante. Com a sua leitura, que vagueará ao sabor do meu escasso tempo, espero compreender melhor a realidade chinesa, aquela que (se e não) se percebe pela leitura e degustação dos cardápios dos restaurantes ou da que se apresenta prostrada em mil e uma (apertadas) prateleiras das inevitáveis "Lojas Chinesas".

GALINHAS PARA CANJA

Publicado por António Luís | Marcas , | Publicado em 10.1.10

A televisão da sala está ligada na RTP-N. Pedro Rolo Duarte "Fala com elas"... Rolo Duarte, não fazendo propriamente de galo, está rodeado de quatro senhoras "galinhas". Cacarejam, dão bicadas, esgravatam, mas... Não põem ovos... Numa capoeira a sério, acabariam rapidamente em canja!

M

Publicado por António Luís | Marcas | Publicado em 9.1.10

Há 18 anos que sei deste dia.
Já é maior a minha sabedoria. Sei dos 67 degraus que durante anos partilhei contigo (às vezes ainda te ouço subi-los ou descê-los) Sei de maços de cigarro atirados pela janela das locomotivas (hoje tinhas deixado de fumar!) Sei de Angola (às vezes descias as escadas depressa de mais) Sei de Cabo Verde (outras subias devagar) Sei das mil e uma mulheres (por vezes adivinhava o teu estado mediante a fúria ou a calma dos 67 degraus pisados) Comboios (ou de como abrias a porta) Allan´s (rumavas à cozinha) 2600as (Litle man) Pendulares (poucos) 5600as (batatas fritas) UTE´s (Então, fazes aquele arrozinho que tu sabes?) 1900as (as almofadas no meio do sofá) embirravas (desculpa!) "-Sénhôr Mário!" (riamos) limpava bem (aquele tom africano) perdi-lhe o nome (lembras-te?) a vizinha de baixo (o cocó de gato semeado na varanda) Tantos dias (saudades) Tantas frases (ausência) Tantos silêncios (presença) Tanto para dizer (começamos sempre) Memória (toda) Amizade (muita) PARABÉNS!

QUANTOS AVIÕES CHEGAM E PARTEM NA VIDA?

Publicado por António Luís | Marcas , , | Publicado em 8.1.10

Chegada de um Airbus 319 da TAP, hoje ao Aeroporto da Madeira, 10:40h, sob um céu meio carregado e, estranhamente, sem vento. Quantos aviões chegam e partem na vida? Quantos gostaríamos de apanhar? Para onde iríamos? Porque não vamos?

PAPAGAIOS

Publicado por António Luís | Marcas | Publicado em 7.1.10

Na TVI24, na televisão ligada numa Sala de Professores ruidosa (os professores fazem por vezes mais barulho do que os alunos que mandam calar...), três economistas discorrerão coisas sobre o seu mundo de dígitos.
Perez Metello, Pina Moura e Braga de Macedo.
Os dois últimos foram ministros. O primeiro é um "simples opinador e especialista no metier" da economia.
O barulho na Sala de Professores não deixa ouvir o que dizem.
Contudo, tendo em conta a sua "obra feita", dos dois e do primeiro, a televisão poderia estar sem som. Seria a mesma coisa.
Como o barulho na Sala de Professores (ainda) continuava, com todos alheios aos papagaios da economia, levantei-me, fui para a varanda contar as gotas da chuva e fazer contas à área imensa de mar à minha frente.
Sendo tarefa árdua, é menos deprimente.

SINAIS SIMPLES

Publicado por António Luís | Marcas | Publicado em 6.1.10

Um dos sinais mais claros e simples de como a vida muitas vezes nos ultrapassa ilegalmente, é a ausência de coisas que antes eram pilares dos dias. Aconteciam como o respirar ou o beber água. Sempre desenhei compulsivamente. Em todo o lado. Tenho um desenho minúsculo feito numa igualmente minúscula "folha" de papel com 1 cm2 de área... Uma cidade, imagine-se! Tanto desenhei que acabei por me tornar professor da especialidade. A dada altura da vida, comecei por desenhar menos e hoje, ironia das ironias, mando desenhar e raramente me dou a esse prazer libertador. Ironia tremenda, estou amarrado aos milímetros do tempo que tenho de gerir para tudo, tudo mesmo... Menos para desenhar.

O QUE LI EM 2009 E QUE LEIO EM 2010

Publicado por António Luís | Marcas | Publicado em 5.1.10

Imagem daqui
Nada substitui livros, (muito menos o seu cheiro) nem sequer os que não figuram em listas de best sellers. Por isso, sempre que o tempo abre nesgas, leio livros Mas, com o advento da blogosfera, também há poucas coisas legíveis que substituam alguns blogues que leio praticamente todos os dias. 2009 não foi excepção. Sem ordem de preferência, (essa fica guardada para mim), aqui vão blogues que leio sempre com prazer e pelas mais variadas razões: Abrupto; Portugal dos Peqeuninos; Delito de Opinião, Mar Salgado; Lei Seca, Pedro Rolo Duarte; Combustões; Origem das Espécies; O Homem das Tabernas; Penacova Online; Penacova actual; O Alfa das Sete; Cidade dos Anjos; O Sexo e a Cidade. Outros leio apenas quando são actualizados ou menos frequentemente, como Geração Rasca, onde escrevem dois amigos de há anos; o Mais Actual; O Corta Fitas, Hoje há Conquilhas...; Linha Avançada, Há Vida em Markl, Dias úteis; Pássaro de Ferro (onde sou "Comandante"). De resto, salto por outros blogues e sítios, pontualmente e seria muito fastidioso estar a enumerá-los. Desejo a todos boas escritas!

ESTADOS DO TEMPO - XXV (Uma manhã de domingo no mundo)

Publicado por António Luís | Marcas | Publicado em 3.1.10

Hoje, 10h da manhã!
Não havendo nada para escrever, é preferível o silêncio ou o poder das imagens. Não falando, elas dizem tanto!...

ESTADOS DO TEMPO - XXIV e da Latitude 40

Publicado por António Luís | Marcas , | Publicado em 2.1.10

Primeira fotografia do ano, obtida ontem, dia 1, cerca das 15 horas! Um belo dia de Janeiro, com uns amenos 20º C e um mar absolutamente deslumbrante de azul! Com a entrada no novo ano, o Latitude 40 adopta também uma nova imagem.

Bom 2010!

ESTADO DO ANO 2010

Publicado por António Luís | Marcas | Publicado em 1.1.10

Foto daqui
Regresso do imenso foguetório do Funchal, visto pela segunda vez na vida. Entre pirómanos aos milhares e o cheiro a pólvora, 2010 entra de lua cheia, céu limpo e uma ilha mergulhada na mais fria noite do ano. Uns "gélidos" 10ºC a 500m de altitude sobre o anfiteatro do Funchal. Não espero nada de 2010. Ou melhor, espero que ele seja um pouco melhor do que o finado 2009. Boa Noite, Bom Ano e Boa Sorte!