Páginas

MUDAR NÃO MUDANDO

Publicado por António Luís | Marcas , | Publicado em 1.3.10


Hoje de manhã, quando regressava do Funchal, o carro presidencial passou por mim, rumo ao aeroporto.
Transportava Alberto João Jardim que, pasme-se, se vai entregar "nos braços" de Sócrates, logo mais, em Lisboa.
Como é que uma relação tão azeda deu lugar a tanta "paz"?
Simples.
Alberto João Jardim precisa de MUITOS milhões para reconstruir a Madeira.
Sócrates precisa de fazer passar a imagem de um Primeiro-Ministro humano e competente, atento e actuante face aos mais desfavorecidos e à desgraça de uma parte (que ele basicamente sempre desprezou - com ou sem razão) do território nacional.
Portanto, postas as coisas nesta nudez - quanto mais não seja aparente e/ou circunstancial - tudo mudou.
No entanto, não me custa imaginar que voltadas as costas entre os dois políticos,  no final do encontro de hoje, qualquer deles se continue a detestar como sempre e, ironicamente, pela mesma razão...
Precisam TANTO um do outro!
Desejo-lhes eu: Que sejam muito felizes!

English
This morning, when i returned from Funchal, the presidential car passed me, heading to the airport. 
Alberto João Jardim was on it, and be prepared, in terms to deliver  himself "in the arms" of José Sócrates, once more, in Lisbon.
How does a relationship so sour led to so much "peace"?
It's very simple.
Alberto João Jardim need lots and lots of millions to rebuild Madeira.
Sócrates needs to convey the image of a Prime-Minister and competent human being, aware to perform against the most disadvantaged and the disgrace of a party (which he basically always despised - rightly or wrongly) of national territory.
So, put things in its nudity - not least apparent and / or circumstantial - everything changed.
However, I can easily imagine that turned its back between this two men at the end of today´s meeting , both continue to  "hate" each other as ever and, ironically, for the same reason ...
BOTH need each other!
I wish them to be very happy!

Comentários (4)

  1. Outros valores mais altos se levantam....

  2. Aproveita Sócrates, aproveita Jardim. Estes por razões nobres, o 1ª por pobres razões.

  3. Correcção: Aproveita Sócrates, aproveita Jardim. Este por razões nobres, o 1º por pobres razões.

  4. Judite de Sousa: o que vai fazer agora?
    Senhor da Ilha: eu vou reconstruir isto tudo!
    Judite de Sousa: com que dinheiro?
    Senhor da Ilha: eu vou reconstruir isto tudo!
    eu e muitos outros milhões como eu: com que dinheiro?
    O meu e o de muitos milhões como eu, certo?
    Calma, Senhor da Ilha... Mais tarde ou mais cedo, todos precisamos uns dos outros...

Enviar um comentário