Páginas

CASCAS DE NOZ

Publicado por António Luís | Marcas | Publicado em 6.9.10


Desde Julho, diariamente, sem sábados ou domingos para descanso, dezenas de embarcações frágeis como as da foto avançam destemidas mar dentro, no final de tarde, para distâncias de 5 ou 10 milhas da costa para a pesca de Potas, enfrentando o mar e a sua condição de humores variados.
De noite, é fácil contar os pequenos pontos de luz, espalhados pela linha do horizonte.
Agora mesmo, fui à varanda e contei 36...
Dentro destes pequenos botes/bateiras, vai um ou dois homens.
São homens rijos, sem medo, sem frio, que vão no encalço do seu sustento e, de manhã, apresentam o fruto - muito ou pouco - do seu trabalho, nos mercados da região.
Não os imagino preocupados com os discursos da reentrê, com as presidenciais, com a selecção que não ganha...
Isso são mundos paralelos ao seu, que é feito, diariamente, de mar, solidão, silêncio, escuridão, trabalho, sacrifício... 
...A bordo destas "Cascas de Noz".

Comentários (6)

  1. Engraçado que hoje, fomos à praia para as tuas bandas, ao Galo, e quando nos preparávamos para saír, notei 4 ou 5 deles a regressar aos lados dos Reis Magos, em linha diagonal, quase que em formação....

  2. Excelente descrição.

  3. Só mesmo o teu olhar atento para nos dar um "flash" a ver se acordamos para as outras realidades que são, essas sim, importantes, bem mais importantes que as nossas cómodas vivências quotidianas, em que a única preocupação é o incómodo de ter de nos levantarmos cedo para ir ao mercado comprar peixe fresco, e reclamar, inconsolados, quando observamos sem compreender as bancas vazias de pescado ...
    5513

  4. Rui: Vi-os passara, como dizes, numa espécie de formação de 4 botes. Estava na Praia dos Reis Magos.
    Pedro: Obrigado!
    5513: Pois é. Há outras vidas para além das nossas vidas. Obrigado.

  5. Uns metros abaixo não consigo contabilizar esses 36 barcos...
    decisão do novo ano escolar: ir ao oftalmologista
    :)

  6. Treca:
    Ontem à noite, virias tu em pleno Atlântico, eram 36, sim... Pelo menos os que consegui contar...
    Não são os teus olhos a falhar. A conta foi feita ontem, por volta das 23:30...
    Bem-vinda de novo ao calhau!

Enviar um comentário