Páginas

O HOMEM TRANQUILO

Publicado por António Luís | Marcas , | Publicado em 25.10.10


Um pescador coloca o isco no anzol, de auricular em riste, numa tarde de sábado...
Não há orçamentos e birras entre políticos sem chupeta que o amolentem.
O pescador de fim de semana segue o erro dos peixes que picando o isco, não puxam pela cana.
O balde está vazio, mas o homem está tranquilo, concentrado e, algumas vezes, sorri...

Comentários (0)

Enviar um comentário